Como cozinhar de uma maneira mais saúdavel

1 cozinha - Como cozinhar de uma maneira mais saúdavel

Vivemos a onda fitness, onde uma alimentação saudável rege as refeições dos brasileiros. A Isopasse se preocupa com esse novo modo de como cozinhar.

Poucas pessoas resistem ao aroma e ao sabor de uma boa pizza ou daquela batata frita crocante. Mas apesar de serem saborosas, frituras e massas em excesso podem trazem sérios problemas a nossa saúde. Com o aumento da obesidade e de problemas vinculados a ela, surgiu um movimento em prol de uma melhor alimentação. Pensando nisso, a Isopasse separou 5 dicas para você aprender facilmente como cozinhar de uma maneira mais saudável.

1 – Até mesmo a salada pode ser vilã!

Desde cedo nossos pais nos alertam, insistindo na importância de comer frutas, legumes e vegetais em geral. Eles têm sua razão, mas pouco adianta se transformarmos nossas saladas em pratos potencialmente mais calóricos e menos ricos em nutrientes. Para isso evite temperar demais suas saladas com molhos prontos ou muito sal. Temperos naturais devem ser prioridades, experimente iogurtes naturais, limão e pimentas. Teste sua criatividade usando diferentes tipos de especiarias ou frutas, como damascos, figos e mangas.

Para quem quer ir além, faça uma experiencia com sementes torradas, isso vai dar um toque crocante e saudável á sua salada.

2 – Boas panelas = Menos óleo

Quem está acostumado a cozinhar sabe: poucas coisas irritam mais que panela que gruda o alimento no fundo. Muitos contornam essa situação untando bem os utensílios, mas acabam pecando no excesso de óleo, tirando o aspecto saudável de cada alimento. Para dar fim a esse problema, basta investir um pouco mais em suas panelas, preferindo aquelas com boa qualidade em materiais antiaderentes.

E para dar um leve untada, use sempre óleos mais saudáveis, como o de girassol e de oliva.

3 – Preciso mesmo deixar de comer alguns pratos?

Dietas restritivas costumam dar bons efeitos a curto prazo, mas grande parte dos especialistas afirmam que o equilíbrio e a reeducação alimentar são os verdadeiros segredos. Ou seja, logicamente você deve evitar frituras e gorduras em excesso, mas não é de todo mal que você consuma esses alimentos se você conseguir se segurar.

Um dos pratos que mais sentimos falta são os empanados. Por isso a dica: ao utilizar o ovo, retire a gema e pane somente com clara de ovo ou leitelho.

Conheça também nossa linha de produtos!

4 – As cores da cozinha como aliadas

A relação das cores com os sentimentos é um fato conhecido em muitas áreas, cores quentes e frias, cores que alegram, acalmam e que são ligadas a fome. Neste último ponto ressaltamos que cores fortes, como o amarelo e vermelho estimulam o maior consumo de alimentos. Não é por acaso que muitos restaurantes utilizam em suas comunicações e decoração essas cores (vide as redes de fast food). Por outro lado, cores suaves, como o verde e o azul trazem uma sensação de paz, tendo como reflexo menor consumo.

5 – Fique atento ao temido sódio

Não é de hoje que sabemos dos problemas relacionados ao consumo excessivo de sódio (popularmente conhecido como “sal”). Entre as doenças relacionadas, destaque para a pressão alta, responsável por milhões de mortes nos últimos anos.

O consumo médio diário recomendado é de 2,300 mg, aproximadamente uma colher de chá. No ínicio talvez você tenha a impressão que a comida ficará “sem sabor”, mas a adaptação é rápida e sua saúde agradece.

Curtiu as dicas Isopasse de como cozinhar de maneira mais saudável? É sempre importante lembrar que toda dieta e reeducação alimentar deve ser acompanhada de atividades físicas regulares. Além de manter a forma, faz muito bem a saúde!

Para mais e mais dicas acompanhe nosso blog. Gostaria de ter produtos que irão trazer mais praticidade para seu dia a dia? Acesse nossa loja.

Comentários