Manual para tábua de passar: saiba como escolher e cuidar do utensílio

Manual para tábua de passar: saiba como escolher e cuidar do utensílio

De nada adianta um ferro de passar potente, se sua tábua de passar roupa é bamba: para ser considerada boa, a base para passar roupas deve ter algumas características específicas.

O A-B-C da tábua

Estrutura

Tanto a estrutura metálica quanto a de madeira funcionam bem, mas a primeira é mais leve e fácil de mover de um lado para outro. Prefira os modelos com largura a partir de 40 cm, que facilitam o serviço. O comprimento deve ser o mais adequado à maior parte das roupas. Uma dica: balize-se pela calça masculina, que precisa de vinco.

Ergonomia

O modelo precisa ser firme e estável, para não balançar durante o uso. O ideal é que disponha de regulagem de altura, para evitar posturas desconfortáveis e consequentes dores nas costas. A altura mais indicada é a próxima da cintura de quem está fazendo o serviço. Os braços devem ficar levemente dobrados e a coluna ereta ao passar a roupa.

Compatibilidade

Além da estabilidade e da ergonomia, a tábua escolhida tem de ser adequada ao espaço disponível para guardá-la. Assim, além de manter a área de serviço organizada, você garante que o objeto fique bem acomodado, o que aumenta sua vida útil.

Acessórios

Alguns acessórios ajudam a tornar a peça mais funcional: o forro térmico, por exemplo, permite que a roupa seja aquecida dos dois lados ao mesmo tempo, o que melhora o alisamento do tecido. O chamado mangueiro (aquela mini tábua que pode ser acoplada ao móvel) serve tanto para passar as mangas das camisas sociais, como as de vestidos ou mesmo detalhes das roupas plissadas.

Cuidados essenciais

Forro, precisa sim!

Para os modelos que não possuem forro removível, providencie uma forro para sua tábua, que você pode adquiri-lo em nossa loja. Aliás, o forro extra ajuda a manter a tábua em condições de uso por mais tempo: observe o desgaste e sempre procure modelos com tamanhos compatíveis ao da sua tábua de passar.

Sem peso, sem choques

A superfície não deve servir de apoio para objetos, nem mesmo para acomodar a pilha de roupas que acabou de ser passada. A equação é simples, quanto mais peso, menor a vida útil do utensílio. Na hora do manuseio, cuide para evitar quedas e choques durante a montagem e desmontagem.

Quente, mas não fervendo

Durante o uso, nunca deixe o ferro ligado com a prancha aquecida diretamente sobre a tábua. A conservação do ferro em repouso concentra o calor e determina a queimadura do forro e da espuma (e ainda pode causar acidentes graves). Em vez disso, apoie o eletrodoméstico sempre em pé ou no aramado.

Onde guardar?

Sua tábua é dessas comuns, comprada em grandes magazines? Para acomodá-la basta uma mão francesa ou um gancho preso à parede da lavanderia. Ela também pode ser guardada no armário das vassouras, se houver espaço, ou junto da máquina de lavar. Mas se a marcenaria for planejada, uma ótima saída é pensar em uma tábua retrátil. Neste caso, o utensílio ficará acoplado dentro de uma gaveta ou preso à lateral de um móvel. Boa para espaços pequenos, a solução é feita sob medida e, por isso, não permite a regulagem de altura.

Não! Odeio tábuas de passar

Se você faz parte do grupo de pessoas que possuem aversão as tábua de passar e normalmente passa as rupas em cima da capa ou em cobertores nós temos uma surpresa para você, as Almofadas térmicas para passar roupas, são super praticas que usar, fácil de guardar e faz com que essa tarefa desgastante que é passar roupas fique muito mais fácil e ágil.

Para mais e mais dicas acompanhe nosso blog. Gostaria de ter produtos que irão trazer mais praticidade para seu dia a dia? Acesse nossa loja.

Fonte

Compartilhe esta postagem

Deixe uma resposta